Sobre Miseri Coloni

Miseri Coloni

Associação Cultural Miseri Coloni teve a sua origem em 1980, com a reunião de um grupo de amigos, que foram seus fundadores: Antônio Parenti, Arcangelo Zorzi Neto (Maneco), Auri Pasqual Paraboni, Hugo Lorensatti, João Wianey Tonus, Lídia Tonus, Nadir Tonus e Pedro Parenti Neto.

Os objetivos da associação recém-criada, embora tenham sido escritos bem mais tarde, sempre foram os de:

•    resgatar, preservar e cultivar as tradições dos imigrantes italianos;

•    desenvolver atividades artísticas contemplando a cultura italiana e as demais culturas que integram nossa região;

•    promover cultura e arte de qualidade.

O teatro foi a modalidade artística eleita por primeiro e também aquela na qual o Miseri Coloni se destacou. Além do gosto pelo teatro, ele foi visto como um instrumento eficaz para auxiliar na preservação das tradições e da linguagem dos antepassados.

Na década de 80, a sociedade organizada buscava as ruas para reivindicar liberdade e direitos individuais cerceados pela ditadura militar. Foi nesse ambiente de forte efervescência que o Grupo Miseri Coloni levou ao palco a sua primeira peça teatral: "Quatro, Cinque Storie dei Nostri Imigranti", retratando os conflitos cotidianos vividos pelo colono italiano nas relações interculturais. O resultado superou as expectativas de todos e obteve grande aceitação do público.

Passados 30 anos de atividades ininterruptas, o Grupo de orgulha de ser reconhecido em todo o país, de já ter feito duas temporadas de sucesso na Itália e de contabilizar cerca de 151.000 espectadores em 459 apresentações teatrais (até Maio/2012).